Quais São Os Tipos De Logística Reversa? Entenda O Conceito

Do lado da fábrica , você vai saber quanto foi produzido, se houve excedente ou não, se essa mercadoria é suficiente para atender a demanda do cliente… Do lado do cliente, você vai saber o quanto de mercadoria precisa e para quando. Com essas informações em mãos, vai poder se planejar melhor e verificar se seus armazéns estão suficientemente abastecidos ou se é melhor ligar para o fornecedor. Cada vez mais os clientes estão preocupados, atentos a natureza e as ações da empresa que vende as rastreio de pedido mercadorias que costumam comprar. A logística reversa de pós-venda é aquela que reaproveita os produtos que, por algum defeito ou negativa por parte do consumidor, foram devolvidos ao fornecedor. Normalmente, os resíduos são coletados diretamente no ponto de geração, sem chegar ao consumidor. Após o consumo do produto, seu resíduos são acondicionados até uma quantidade mínima ou determinada data previamente acordada, sendo coletado por um operador logístico e encaminhado à reciclagem.

Controle de inventário sempre atualizado e integrado às compras, vendas e ao financeiro, permitindo baixas conforme os pedidos são confirmados e enviados. Quanto mais opções de entrega e retirada (PAC e Sedex, transportadora, retirada na loja, entrega expressa, etc.) você oferecer para o cliente, melhor. Nessa hora, é importante comparar os preços, pois um frete mais barato para o cliente pode ser um grande diferencial em relação à concorrência. Até então, os Correios são a principal empresa de entrega do país, mas é possível optar ainda por transportadoras privadas e provedores logísticos especializados. O responsável pela área deve coordenar todas as etapas da fabricação e montagem, garantindo que os postos de trabalho fiquem abastecidos e que os materiais sejam movimentados e armazenados da forma correta. Não só isso, o setor fica encarregado também de controlar o estoque, fazendo um monitoramento constante, para fazer a conferência de carga.

Muitas ações podem ser tomadas com a implementação de uma política a esse respeito, onde alguns tipos de logística reversa podem ser avaliadas. O meio ambiente pede socorro já faz algum tempo e uma forma de auxiliar o planeta está em conhecer e adotar os tipos de logística reversa existentes. 30 de Abril de 2021 é o prazo para regularização obrigatória da logística reversa de embalagens no estado de São Paulo. Aqui são analisadas as melhores técnicas de conservação, proteção e armazenagem dos produtos disponíveis em estoque, assim como a otimização do espaço. Este estudo inclui a localização do galpão, seu layout e a necessidade de climatização. Os principais benefícios desse modal são os baixo custo e o transporte em grande escala para cargas pesadas.

Também podemos citar o recolhimento de produtos como lixos tóxicos e hospitalares. No entanto, para fazer todo esse processo acontecer, outros aspectos também precisam ser considerados. Com visão empreendedora e há mais de 20 anos de expertise, vem solucionando, com segurança, transparência, criatividade e alta performance os desafios da logística B2B. Compreendemos que investir rigorosamente no planejamento logístico é o principal diferencial para otimizar a rentabilidade das operações, superar os resultados, melhorar o atendimento e maximizar os lucros das organizações. Nos últimos anos, o setor de agronegócio alcançou um grande crescimento e é apontado como potencial protagonista da economia brasileira neste ano. A logística contribuiu de forma significativa para esta evolução tão expressiva.

Quais são os principais tipos de logística?

Entender os tipos de logística auxilia em um bom planejamento e gestão que visa integrar de forma eficiente essas áreas. Dessa forma, o responsável da área deve manter o relacionamento com os fornecedores, controlar o fluxo de materiais e cuidar do recebimento e descarga na empresa, por exemplo. A logística é uma ciência que engloba o processo integrado de ações de transporte, armazenamento, embalagem, informações, manuseio de materiais e estoque. Esse tipo de logística é apontado por muitos especialistas como uma forma sustentável de comercializar produtos, visto que ela reduz a quantidade de lixo que seria descartada na natureza. No entanto, ela também é responsável, como exemplo, pela devolução de correspondências e mercadorias aos remetentes, algo muito presente em nosso cotidiano.

Entenda a importância da logística reversa

A Prestex oferece soluções em logística inbound ou outbound para atender as demandas dos seus clientes. Se a sua empresa passa por situações de extrema urgência para entregas de grandes volumes, saiba que a solução ideal é a... Se, por exemplo, a organização trabalha com serviços de transporte terceirizados, um sistema de gestão de frotas pode não ser tão interessante. Portanto, o ideal é acompanhar, caso a caso, o que de fato traz um melhor custo-benefício para sua empresa.

Tudo certo sobre logística e frete?

Portanto, fatores como sazonalidade e previsão de demanda devem ser considerados sempre. Com uso da tecnologia você pode contar com um roteirizador que mostra para o motorista qual o melhor caminho a ser feito, considerando distância e possíveis problemas com trânsito, indicando qual a melhor rota a ser feita. Com isso, você ganha agilidade nas entregas e reduz os gastos com combustível, entre outras vantagens. Como podemos ver em outros termos utilizados como logística integrada e a logística 4.0, a inclusão da tecnologia para integrar e acompanhar processos que beneficiam a gestão logística já é uma realidade. Então, quando falamos de Supply Chain é o que diz respeito a toda essa cadeia e movimentação da extração da matéria-prima até se tornar o produto e finalmente chegar no cliente.

E, para isso, é essencial manter a sua operação integrada com outras áreas da empresa e gerenciar os processos por meio da tecnologia. Quando você utiliza softwares para a gestão de estoque, consegue fazer o planejamento de compras de matérias primas e recursos, além de criar novas formas de controle do armazenamento. Além disso, fazer a gestão da logística permite que os gestores tenham uma visão ampla de todos os processos de distribuição, identificando falhas para melhorar o desempenho da empresa. Na etapa de armazenamento, o controle de estoque entra em cena para garantir que as mercadorias sejam guardadas da forma correta até o envio. Com o fluxo de informações em pleno funcionamento, todos os dados sobre o pedido são disponibilizados e é possível conferir o rastreamento da mercadoria durante todo percurso de entrega.

MATERIAIS

Administra o estoque do produto fabricado, armazenagem e entrega para o consumidor final. Envolve o fluxo de materiais da fábrica, abastecimento e distribuição inicial do produto pronto. Agora que você conhece os 4 tipos de logística, é hora de refletir como estão estas áreas em sua empresa e a possibilidade de otimizar e integrar estes setores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.